Compartilhe:

Como se tornar um trader de sucesso

Trader financeiro é um tipo de investidor que lida com as ações na bolsa de valores e que faz várias operações diárias de compra e também de venda. Assim, trabalha com curto prazo, análises rápidas e decisões constantes, saiba mais sobre como se tornar um trader experiente e consistente a seguir.

Como age um trader de sucesso?
O trader de sucesso sabe exatamente aquilo que ele precisa ter para conseguir alcançar suas metas. Então, alguns dos aspectos que devem ser levados em conta nessa questão são:

  ● Controle emocional;
  ● Nível de conhecimento de mercado;
  ● Capacidade de investimento;
  ● Habilidade de usar ferramentas tecnológicas a seu favor;
  ● Saber a hora exata de entrar e sair de uma operação.

É crucial saber que o investidor tem um grande potencial de ganhos e de perdas, já que a Bolsa de Valores é muito volátil. Então, conhecer os princípios é o modo ideal para ter o máximo de sucesso.

O valor ao final de cada mês costuma depender do estilo de trabalho. Portanto, um perfil moderado tende a ter um retorno de 2% ao mês enquanto o arrojado corre um risco maior e pode ter ganhos de até 10%.

 

Cuidados ao querer ser trader?
Quem deseja ser trader precisa se preparar da melhor forma e usar métodos seguros para se destacar com um nível razoável de risco. Assim, algumas das principais ferramentas para esse aspecto são:

Stop Loss / Gain 
É um modo de proteção que permite definir uma ordem para que se saia de modo automático ao obter um preço determinado. Dessa forma, esse é um jeito de minimizar os prejuízos e assegurar um lucro

Ordem OCO
É a combinação entre ordens de entrada quando ocorre a principal. Portanto, quando se atinge uma das metas a outra é cancelada de modo automático, o que garante que apenas uma delas ocorrerá.

Stop Móvel
A ordem é uma aliada para o trader que deseja lucrar mais mesmo com uma ordem de stop. Isso porque, ela regula a parada de acordo com as subidas de preço, o que aumenta as chances de rendimento.

Esses são apenas alguns dos exemplos mais comuns de técnicas para assegurar chances menores de prejuízo. Então, é bom sempre optar por ao menos uma proteção para se tornar um bom trader.

Como se tornar um trader consistente?
Mais do que ir em busca de um grande lucro, o investidor precisa buscar consistência em seus negócios. Dessa forma, dá para assimilar prejuízos e se manter sempre competitivo. Mas, não há uma fórmula mágica para se obter esses resultados.

Um bom trader tem que ter um bom nível de autoconhecimento e equilíbrio para tomar decisões racionais e executar boas práticas. Além disso, é preciso se guiar por tecnologias e ferramentas. Mas, para lhe ajudar com esses aspectos, veja algumas dicas a seguir.

1- Conhecimento é essencial para um trader
Quanto mais se sabe sobre investimento, maior é a capacidade operacional de cada um. Assim, é crucial estudar muito para aumentar o seu potencial de lucro ao entender e usar o máximo de técnicas.

O trader que se dedica tem mais chances de fazer análises precisas e entender como o mercado funciona. Dessa forma, o método de operação costuma se associar sempre ao nível de conhecimento de cada um. 

Uma das formas mais eficientes de ter sucesso nesse processo é saber usar ferramentas a seu favor. Assim, a CMA tem uma plataforma real time que te permite acompanhar o mercado financeiro do seu celular ou computador, tudo de forma prática e rápida.

Tenha objetivos bem claros


Defina de modo preciso os objetivos é uma das formas que o trader tem de entender qual tipo de estratégia é mais precisa e funcional. Então, com metas claras é mais fácil criar uma disciplina que possa lhe guiar até alcançá-las. 

Com base no que se deseja é mais fácil entender quais ações e estratégias de investimento. Isso porque, com uma meta diária é mais fácil entender como agir no Day Trade para chegar no valor desejado. Além disso, isso evita que o trader se exponha demais e corra riscos de perdas.

2- Entenda melhor qual seu perfil
A primeira etapa na sua construção como investidor é se conhecer e com isso definir o seu perfil de trader. Assim, será mais fácil entender o nível de risco com o que você se sente confortável e definir sua atuação.

É crucial que as pessoas operem apenas o tipo de ativo que conhecem. Então, o valor tem que estar de acordo com o que se tem. Por isso, pouco dinheiro pode requerer opções mais seguras e com mais equilíbrio para que o trader tenha retorno.

Os perfis de trader que existem

A questão do risco é uma das coisas que mais define qual é o perfil de trader. Isso porque, a ação tem de estar relacionada com o quanto cada um pretende se arriscar para ganhar mais. Dessa forma, os principais estilos de uma pessoa física – autônomo – são:

  ● Scalper: operação que duram apenas alguns segundos;
  ● Day Trader: transações que ocorrem ao longo do dia;
  ● Swing: negócios que duram até uma semana;
  ● Position: ações que chegam no máximo a um mês;
  ● Buy and Holder: quem compra para montar uma carteira, são ações de longo prazo.

O meio corporativo também tem perfis diferenciados como o institucional que atua em favor de quem eles representam. Além disso, ainda existe o Broker que apenas executa as decisões de outrem e o Sales que mediam as negociações e dão ideias de estratégias de trader .

3- Escolha suas referências profissionais
Quem já atua no mercado há muito tempo e tem bons resultados serve como referência para quem quer começar. Dessa forma, é bom acompanhar pessoas com um perfil parecido com o seu e usar essa pessoa como uma inspiração.

Inspire-se em outros traders

Um bom trader tem que tentar sempre se espelhar em quem tem algo para oferecer. Isso porque, eles trabalham em novas metodologias e análises eficientes que quem inicia no mercado financeiro pode usar para se destacar.

Crie sua própria carreira de sucesso

É importante usar referências para se destacar na bolsa, mas é necessário criar a sua própria identidade. Por isso, o ideal para um trader que quer se tornar um sucesso é unir estratégias diferentes e também tentar desenvolver o seu próprio estilo.

4- Use a tecnologia de maneira inteligente
Hoje em dia existem várias tecnologias que visam ajudar quem lida com compra e venda de ações. No entanto, é crucial saber como analisar cada detalhe e optar por softwares de análise de mercado que lhe ofereça tudo que deseja.

O trader tem que escolher uma boa plataforma de operação que permita a ele colocar todo o saber em prática. Afinal, é preciso usar métricas e dados que você conheça e entenda como usar.

É dentro desse contexto que a CMA apresenta uma solução bem interessante. O CMA Series 4 é um sistema poderoso para quem deseja acompanhar o mercado de ações de perto. Assim, ele oferece módulos especializados, estratégias, atalhos para evitar ordens e muito mais. Tudo isso para que sua tomada de decisão seja a mais acertada possível.

A empresa também conta com a versão premium desse sistema. Dessa forma, essa última contém recursos exclusivos e é perfeita para quem deseja se aprofundar nas análises e controles operacionais.

Mesmo quem tem conhecimento sobre o mercado precisa de ajuda na hora de tomar suas decisões. Portanto, ferramentas desse tipo são muito eficazes para garantir que você obtenha os melhores resultados, mesmo em cenários mais complexos. Não é à toa que cada vez mais pessoas estão entendendo a importância da tecnologia nesse processo.

5- Entenda as suas posições no mercado como trader
Para atuar no mercado é crucial entender a necessidade de sempre acompanhar os ativos. Então, quando se entra em uma posição é necessário observar bem de perto, para ver como o preço varia. Isso porque, é dessa forma que o trader faz a gestão de riscos.

O ideal é operar de forma controlada e não com várias entradas ao mesmo tempo para conseguir acompanhar de perto as que possuir. Isso porque, se estiverem instáveis, será necessário um nível alto de controle para evitar as perdas. Por isso, tenha:

  ● Conhecimento do mercado de ações;
  ● Ferramentas de análises eficazes;
  ● Boa capacidade de tomar decisões.


O que é um trader financeiro?

Esse termo se refere a uma pessoa física ou uma entidade que se ocupa com o mercado financeiro, de modo mais específico com transações rápidas. Ou seja, eles seguem muitas movimentações ao longo do dia para tomar a melhor atitude, dessa forma, negociam:

  ● Ações;
  ● Títulos;
  ● Commodities;
  ● Derivados.

Há vários tipos de perfis diferentes que guiam o estilo de negócio que cada um faz. Por isso, quem deseja se tornar um, tem que conhecer mais sobre todos os aspectos que guiam esse profissional.